Capitães da areia é  um drama de autoria do escritor modernista Jorge Amado, que já figura os vestibulares há  alguns anos. Seu teor de denúncia social torna a obra objetiva e direta chamando a atenção às problemáticas que até os dias atuais se mostram muito presentes. O livro retrata a vida de um grupo de menores abandonados que crescem nas ruas de Salvador, chamados de Capitães  da areia.